Como Não Pagar A Mesma Conta Duas Vezes – Parte I de II

Já aconteceu de você pagar uma conta de telefone, condomínio ou de internet, por exemplo, e algum tempo depois, a mesma conta estar sendo cobrada outra vez?

Calma! Você não é o único. Os concessionárias de serviços, as vezes, perdem o controle da situação e nos enviam a mesma conta para ser paga mais uma vez.

Neste artigo, de duas partes, trago algumas dicas úteis sobre como evitar dores de cabeça com cobrança em duplicidade.

É fim de ano e muita gente realiza um processo de limpeza  em suas gavetas, arquivos pessoais e armários.

Mas… que comprovantes e recibos devemos ou não, jogar no lixo?

contas-a-pagar-www.maisdinheiromaisvida.com.br

Ai vão as recomendações que livrarão você, de algumas possíveis futuras dores de cabeça :

Comprovantes de pagamento de prestadores de serviços.
Fornecedores de água, luz, internet, telefone, escola, TV por assinatura, etc, encaminham até o mês de maio de cada ano, por força de lei, uma declaração que dá quitação total das contas do ano anterior. O consumidor, ao receber esta declaração, já pode se desfazer de boa parte dos recibos mensais, os quais serão substituídos, por esse documento de caráter anual.

Estas mesmas declarações de quitação, devem ficar guardados (em vez de 12 recibos, você guardará apenas 1 por ano) pelos seguintes prazos:

Energia, telefone, água, gás e demais contas de serviços especiais: Guarde por 5 (cinco) anos;

Condomínio: Guarde durante todo o período em que ocupar o imóvel e após sair, guarde-os por mais 10 (dez) anos, que é o prazo em que prescreve-se qualquer possibilidade cobrança, segundo o código civil.

Seguros: a proposta da corretora, apólice e os comprovantes de pagamento, devem ser guardados por mais um ano, após o fim da vigência.

Consórcios: guarde por tempo indeterminado mesmo que você tenha sido contemplado com o bem e quitado o mesmo.

Convênio médico: a proposta e o contrato devem ser guardados enquanto você for conveniado.  Os recibos de quitação (nesse caso, o recibo mensal mesmo) devem ser guardados  pelo período de 12 meses antes do último reajuste de valores do plano.
Vale lembrar que qualquer ação judicial do plano para você, ou de você para o plano, deve ser realizada no prazo de um ano. Fora disso, prescreve o prazo para tal fim.

Cartão de crédito: as declarações de quitação devem ser guardadas por 5 (cinco) anos.

Mensalidades escolares: declarações de quitação devem ser guardadas, juntamente com o contrato, por 5 (cinco) anos.

Amigos, hoje falamos sobre quanto tempo guardar os recibos mensais, ou as declarações anuais de prestadores de serviços – aquelas que dão quitação total dos pagamentos do ano anterior – e na próxima semana, antes que você saia de férias e comece a arrumar suas gavetas, termino a série falando sobre quanto tempo você deve manter arquivado, comprovantes de pagamentos de produtos.

Afinal, qualquer descuido pode nos fazer perder algum dinheiro. E meu propósito, é que você tenha mais dinheiro , sempre.

Um abraço em todos e até semana que vem!

As notícias e dicas sobre finanças pessoais contidas nesse blog, são fruto das pesquisas e vivências de Jr Portare, palestrante de finanças, motivação, vendas e qualidade de vida e tem o objetivo de esclarecer acerca do bom uso do dinheiro e da construção de riqueza para pessoas e empresas. Portare é palestrante, professor de cursos de pós-gradução e empresário. Autor do best-seller “Dinheiro dá em Árvore”.

Possui Dívidas Bancárias? Aprenda Como Quitá-las. Baixe E-book Grátis