Seu FGTS Para Pagar Dívidas. Quanto e Como Utilizar?

Utilizar o Seu FGTS Para Pagar Dívidas será possível em breve.

* Veja também: Como Sacar o FGTS das contas inativas.

O congresso nacional  acelera a discussão do projeto de liberação de parte do fundo para pagamento de dívidas.

Que tal utilizar seu FGTS para para pagar as dívidas? Veja abaixo como a Câmara Federal estuda o projeto que libera parte do FGTS para casos de endividamento extremo.

Atualização de 15 de dezembro de 2016:  esse valor de 40% pode ser alterado. Entrou em discussão na câmara federal, a possibilidade de que a retirada para pagar dívidas possa ser um valor de Reais, fixo. Por exemplo: R$ 1.000,00 por CPF.

Seu FGTS Para Pagar Dívidas

Seu FGTS Para Pagar Dívidas

Milhões de brasileiros tentam quitar suas dívidas. Muitos têm um bom dinheiro no fundo de garantia por tempo de serviço. Um projeto na câmara autoriza o uso de parte do FGTS para os trabalhadores endividados.

Só poderia fazer uso das verbas do fundo, quem tem  30% ou mais do salário bruto comprometido com empréstimos e financiamentos e com o nome negativado há pelo menos 6 meses.

“Segundo o Banco Central, mais de 25 milhões de brasileiros têm dívidas superiores a R$ 5 mil”

 

O limite da retirada prevê 40% e o dinheiro sairia da Caixa Econômica diretamente para os credores.

Um dos argumentos do projeto é que o rendimento do fundo fica muito abaixo dos juros de mercado. Que é uma verdade.

Atualmente, o FGTS pode ser sacado, apenas  quando o trabalhador é demitido sem justa causa, na aposentadoria, quando o titular da conta ou algum dependente tem doença grave como AIDS ou câncer e para comprar a casa própria ou abater parcelas do financiamento da mesma.

O ministro do Trabalho é contra a utilização dessa verba para este fim mas admite que é necessário melhorar a remuneração do FGTS. “Há que ter muito cuidado.

Eu acho que tem as exceções previstas em lei, eu acho que elas já são boas, já a remuneração é algo que vamos ter que enfrentar”, afirmou Carlos Lupi.

O promotor de defesa do consumidor, Trajano de Sousa, também é contra a utilização do FGTS para este fim.

Você poderá se interessar por este texto que falar sobre a utilização do FGTS para compra de um terreno.

Para pensar: o problema do endividamento do Brasileiro está na condição financeira ou na cultura consumista e imediatista?

Se alguém utilizar o FGTS para quitar dívidas, o que garante que essa pessoa vai “aprender a lição” sobre endividamento?

Ou será que brevemente teremos brasileiros endividados e sem o FGTS?

Parte da solução para o endividamento da população não passaria pela educação financeira nas escolas, empresas e universidades?

Por outro lado, os juros de menos de 1% que você ganha sobre seu saldo do FGTS nem de longe se comparam aos juros pagos em cheque especial ou cartão de crédito que pode chegar aos 500% ao ano. 

O que você acha? comente com a gente 🙂

E aí, gostou? se sim, por favor, compartilhe e dê um curtir 🙂

Aprenda a Negociar e Quitar Dívidas Com Bancos. E-book Grátis.